O verdadeiro caos na transmissão de Carnaval da TV Globo – VEJA

 O verdadeiro caos na transmissão de Carnaval da TV Globo – VEJA
Compartilhe


A transmissão dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, realizada pela TV Globo, que detém os direitos de imagem na Sapucaí, mostra-se um verdadeiro desastre para quem gosta de Carnaval. Ao pôr de lado os jornalistas que tradicionalmente fazem a cobertura na pista e dar vez a influenciadores e atores, a emissora simplesmente ignora o que acontece de fato ao longo do desfile. Carros quebrados, buracos entre as alas, fantasias que não chegaram, problemas com as alegorias e até mesmo pequenos acidentes que quase chegam a causar vítimas ainda na concentração não são noticiados pela emissora, já que os apresentadores dominam a transmissão sem levar conteúdo aos telespectadores. Na imagem acima, vê-se uma das “repórteres” tentando atravessar a avenida para falar com uma musa e interromper o seu samba, algo inadmissível em um desfile. Nota zero no quesito evolução.
“O que fazer com a emissora oficial do grupo especial? Entram no meio da apresentação do primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira do Salgueiro no terceiro módulo de julgamento. Vergonha no nível máximo. Não entendem nada! Não respeitam o segmento que carrega a ancestralidade de uma agremiação. O centro geográfico espacial de uma escola. TV Globo pagou o mico do ano”, disse Bruno Chateaubriand, autor do livro Mestre-Sala e Porta-Bandeira, uma Arte Essencialmente Nossa.
 

 
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Leia também no GoRead
Abril Comunicações S.A., CNPJ 44.597.052/0001-62 – Todos os direitos reservados.
Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login
Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login
Acompanhe por VEJA.
MELHOR
OFERTA
Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*
a partir de R$ 2,00/semana*

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês
*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.
Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.

source