Nosso Lar 2 expõe que veto da Globo ao remake de A Viagem é errado – NaTelinha

 Nosso Lar 2 expõe que veto da Globo ao remake de A Viagem é errado – NaTelinha
Compartilhe

Publicado em 28/01/2024 às 09:00
O filme Nosso Lar 2 – Os Mensageiros estreou nos cinemas na última quinta-feira (26) e, de acordo com dados oficiais, vendeu cerca de 160 mil ingressos no primeiro dia, a melhor performance de um longa nacional desde a estreia de Minha Mãe é uma Peça 3 de Paulo Gustavo em 2020. E esse enorme público interessado pela temática espírita, infelizmente, ficará sem assistir a um remake de A Viagem (1994) na Globo, ou outras tramas similares, por uma mudança estratégia do canal.
No final de 2020, quando a Globo trocou seu diretor de teledramaturgia, saiu Silvio de Abreu e José Luiz Villamarim assumiu sua cadeira, a emissora fez várias mudanças internas na produção, no planejamento, nas estratégias e na concepção das novelas.
Nosso Lar 2: Diretor revela planos para novas sequências e comemora feito histórico
Ação da Pepsi no BBB 24 expõe “cancelamento” da Choquei no mercado após morte de jovem
Na época da mudança de direção, foi apresentada uma sinopse de uma nova versão de A Viagem, tendo à frente do projeto Wagner de Assis, curiosamente, diretor e roteirista de Nosso Lar 2, mas a produção da trama foi recusada, sem muitas explicações.
Em seguida, seis meses depois da troca do comando da sua dramaturgia, a Globo dispensou Elizabeth Jhin, autora de grandes sucessos às 18h, sempre com histórias com o tema da espiritualidade.
“Fui uma das primeiras a entrar na lista dos demitidos, seguindo a nova política da Globo de contrato por obra. Acredito que houve uma mudança significativa de rumos na emissora e não havia mais espaço para meu tipo de trabalho”, disse a escritora em entrevista ao NaTelinha, em 2023.

Nosso Lar 2 expõe que veto da Globo ao remake de A Viagem é errado
Em 2022, Amauri Soares, diretor dos estúdios Globo, explicou em um painel na Rio2C, evento audiovisual que acontece anualmente no Rio, que o Brasil caminha para ser de maioria evangélica e que essa realidade entrou no radar para o futuro da programação da emissora.
“O país vai se transformando num país multirreligioso. Nós estamos muito atentos a isso. Se trabalhamos com representação social, conexão, a gente precisa entender quais são os impactos que essa transformação tem na vida das pessoas”.
Em 2020, o instituto Datafolha divulgou uma pesquisa onde revela que 50% dos brasileiros se declaram católicos, 31%, evangélicos, e 10%, sem religião. A pesquisa ouviu 2.948 pessoas em 176 municípios de todas as regiões do país. Confira abaixo:
Ao recusar o remake de A Viagem e demitir Elizabeth Jhin, a Globo sinalizou que a temática espírita nas novelas entrou na geladeira. Afinal, o espiritismo representa cerca de apenas 1% da população. Por outro lado, flerta com o promissor público evangélico, como aconteceu em Vai na Fé (2023). A decisão da Globo é puramente a busca de nova posição de mercado do seu negócio.
Mas o sucesso de Nosso Lar 2 demonstra que existe um público ávido por consumir esse conteúdo e que não vai encontrá-lo na novela das seis e das sete, horários em que normalmente eram exibidos esses folhetins, e nem na Record e SBT porque não são do perfil dessas emissoras.  
Num momento de crise que a Globo enfrenta na audiência de Elas por Elas e Fuzuê, a terceira versão da trama do playboy Alexandre e sua irmã Diná criada por Ivani Ribeiro (1922-1995) seria uma boa opção para recuperar esse Ibope. Existe um público perdido que está enchendo os cinemas para assistir Nosso Lar 2.  Esse cenário demonstra que a Globo pode não estar certa com a sua decisão.
Enviar notícia por e-mail
Compartilhe com um amigo
Reportar erro
Descreva o problema encontrado

source